English French German Spain Italian Dutch Russian Hindi Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Parque Lage

O Parque Henrique Lage ou Parque Lage é um parque público da cidade do Rio de Janeiro, localizado aos pés do morro do Corcovado, na rua Jardim Botânico. Possui uma área com mais de 52 hectares e foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 14 de junho de 1957, como patrimônio histórico e cultural da cidade do Rio de Janeiro.

Palacete do Parque Lage

O palacete abriga, desde 1975, a Escola de Artes Visuais. Desde 2004, o Parque Lage é parte do Parque Nacional da Tijuca, sob a administração do Instituto Chico Mendes de Observação da Biodiversidade.

O local é ideal para qualquer pessoa (de qualquer idade) visitar ou passear. É uma área de lazer e passeio, principalmente para quem gosta de verde e de contato com a natureza.

O Palacete

O Palacete do Parque Lage foi residência de um casal formado por um rico empresário brasileiro e uma cantora de ópera italiana. Possui um pátio interno com piscina ao centro, um terraço aberto sobre o mesmo e era local para apresentações da cantora em dias de festa. Esse empresário rico se chamava Henrique Lage, que era um amante de artes e casou-se com uma cantora lírica italiana chamada Gabriela Besanzoni, que decidiu construir um palacete em estilo romano do gosto da artista.

A ampla área e chácara onde foi construído o Palacete já havia tido vários proprietários desde o século 16.

Esse palacete foi projetado pelo arquiteto italiano Mario Vodret em 1927. Visto de frente tem um caráter eclético e vários componentes de estilos são vistos na fachada de disposição simétrica, com elementos inclusive neoclássicos.

A fachada principal do palacete possui pórtico saliente com acesso por escada e por veículos pelas laterais. Tanto o pórtico como a fachada possuem trabalhos de revestimento em cantaria.

Abaixo o Palacete do Parque:

Palacete e, ao fundo, o morro do Corcovado

O palacete construído em estilo romano se desenvolve em torno de uma piscina central com elementos em mármores, azulejos e ladrilhos italianos.

As pinturas que decoram os salões internos são de autoria de Salvador Paylos Sabaté.

Parte interna e sua imponente piscina

O palacete possui apenas um andar, construído sobre um porão e tem um terraço bem amplo. O projeto dele teve inspiração romana e se desenvolve em torno de um pátio central com arcos que formam varandas, tendo uma piscina ao centro.

Palacete visto do alto. Destaque para o seu amplo terraço

Lindíssimo interior do Palacete

À noite é belíssimo!

Essa residência está cercada de uma grande vegetação que compõem os jardins. Destaque para uma ala de palmeiras imperiais e os jardins românticos (ou no estilo inglês), projetados na metade do século XXIX.

Muito verde!

Outros elementos construídos e projetados pelo paisagista inglês John Tyndale estão um aquário (preservado até hoje), pequenos lagos, grutas, ponte e um castelinho.

Aquário

Lindos peixes

Uma pequena caverna

Entrada da gruta

Um lago e muito verde...

A variedade de árvores, plantas, flores e animais é enorme!

Um mico leão dando o ar da graça! :)

Um lindo e romântico coreto

Esse coreto é rodeado por um rio. Um bom local para belas fotos!

Torre do Castelo

Para chegar à torre do castelo, deve-se tomar cuidado. O lugar é no meio da mata e muito úmido. O risco de tombo é grande por se tratar de um chão muito escorregadio e perigoso!

Placa de acesso à Torre

Cavalariças

O Parque Lage é um lugar muito utilizado por fotógrafos para sessões fotográficas de noivas, grávidas, bebês e tudo que se possa imaginar. Além de ser um ótimo lugar para fazer piqueniques.

É, ainda, muito utilizado para eventos de moda, como: desfiles e editoriais de moda. 

Modelo desfilando pela grife Cantão

Muitas filmagens de novelas e comerciais são feitos lá também, inclusive casamentos da alta sociedade e artistas.

Linda cerimônia de casamento

Uma decoração que faz jus ao lugar

Vale destacar que o Palacete é acessível a portadores de deficiência física. 

Sensação de paz...

Uma dica para quem vai fazer trilhas é que sempre vá acompanhado. Apesar de ser um lugar muito aprazível, não podemos esquecer da segurança!

A EAV - Escola de Artes Visuais

A Escola de Artes Visuais fica localizada dentro do Parque Lage. Foi criada em 1957 e é voltada para o aprendizado de técnicas artísticas, apresentando um conteúdo formal. É considerada uma instituição história na Cidade do Rio de Janeiro.

Alunos pintando nos corredores da EAV

Estudos curatoriais na EAV

Exposição "Follow The Colours"

Semana do Índio na EAV

E, pra finalizar, não podíamos esquecer do tradicional café da manhã no Parque Lage. Muito concorrido, principalmente nos fins de semana, onde a fila de espera pode-se chegar a mais de uma hora. 

Mas a espera em longas filas não desanima o público, visto que enquanto se espera, pode-se observar a beleza do lugar.

Café da manhã

Não falta público!

O melhor jeito de começar o dia!

Sugerimos que entre em contato com o Parque para saber preços e quais restaurantes estão em funcionamento.

Maiores informações:

Parque Lage
Rua Jardim Botânico, 414
Tel.: (21) 3257-1800
Possui estacionamento (ligar para confirmar se é gratuito ou pago)
Horário de funcionamento: 7:00h às 17:00h - todos os dias
www.eavparquelage.org.br

Uma dica: Procure chegar bem cedo, pois o estacionamento lota rapidamente! Dê preferência ao ônibus ou táxi.

2 comentários: